Lazy Sundays & fig scones, 2 ways || Domingos preguiçosos & scones de figo

© 2013 Entre Jardins.

(versão portuguesa no final da página)

A memory of late summer, in shades of green or dark violet. A tenderness to the touch that welcomes us inside, moist and rich, there’s no other fruit as sensual as this.

The last figs of the season, perfect for a Sunday breakfast or brunch.

Inspired by the lovely recipe by Kim Boyce in her gorgeous book Good to the Grain, I have made these a few times, using different flours, as well as dairy and sugar free versions and even though they are not as sumptuous as the original recipe, I find they all work well, in their own way. This version does not have any added sugar to the dough, relying on only a bit of maple syrup and the natural sweetness of apples. It makes a subtly sweet scone where the bits of fig contrast deliciously in bits of melting caramel flavour, very satisfying.

Tip : to prepare the flours yourself is a breeze and extra-bonus points for flavour and nutrition. You can simply put whole buckwheat, whole spelt berries in a blender and mix them in the highest speed possible (mix the almonds on their own, due to their fat content; do not over mix or you’ll risk ending up with almond butter!).

© 2013 Entre Jardins.

Inspired by ‘Figgy buckwheat scones’ in Good to the Grain, by Kim Boyce

Makes 12 scones (more, or less, depending on size)

Ingredients

Dry mix:

  • 1 cup / 135 g buckwheat flour
  • 3/4 cup / 100g whole spelt flour
  • 1/2 cup / 60g almond meal (ground almonds)
  • 2 teaspoons baking powder
  • 1/2 teaspoon sea salt

Wet mix:

  • 100 g cold clarified butter, cut into very small pieces (or cold coconut oil, if you’re vegan)
  • 1 cup (240g) goat or sheep yogurt (or coconut cream)
  • 1/3 cups / 75ml apple sauce (blend 1 small apple + 2 TBsp maple syrup)

Fig mix :

  • 1 cup fresh figs, stems removed, sliced
  • 1 TBsp maple syrup or honey
  • 1 tsp ground cinnamon
  • 1/2 tsp ground cloves
  • 1/2 tsp ground nutmeg

Directions:

  1. Prepare the fig mix – place all the ingredients in a bowl, mix them with a wooden spoon and set aside.
  2. Put all the dry ingredients in a bowl and briefly mix them.
  3. Add the butter to the dry mix and rub the butter with your fingers to break it in smaller pieces, until the mixture resembles wet sand. Work quickly to prevent the butter from melting too much. It’s also recommended to leave some bits of butter here and there.
  4. Add the yogurt and apple sauce and gently fold it until the dough is just combined (I like to use a silicone spatula)
  5. a – Quick & Easy version : Preheat the oven to 180°C. Add the fig mix to the dough, briefly and gently fold until incorporated. Pour half of the dough on a floured baking sheet, wrinkle with a bit of flour on top and on your hands as well (the dough will be very sticky). Pat it until you have a 3cm thick circle (or shape of choice) and patiently cut it in 4 to 6 equal parts, each one slightly apart from the others. Do the same with the rest of the dough. Place scones and baking sheet in the oven and bake for 35 to 40 minutes, until golden brown.

5b – Fancy version : Prepare a working space, place a baking sheet (aprox. 30x 50cm) and sprinkle with some flour. Pour the dough in the middle of the baking sheet, sprinkle a bit of flour on top and on your hands as well (the dough will be sticky) and work it by flattening the whole thing into a  rectangle – approximately 20x40cm – by placing another baking sheet (or cellophane) on top and using a rolling pin to flatten it out.

6 – Spread the sliced figs evenly on the dough. Roll it into a log (using the baking sheet will make this a lot easier; I also found it easier halving the dough and working in a smaller batch), patting it along the way to create a 40cm log. Turn the seam side down, cut it in half, cover loosely in plastic wrap and refrigerate at least 30 minutes (or overnight)  *

7 – Preheat oven to 180°C. Cut the logs in equal parts, 2 – 3cm thick. Bake for 30 to 40 minutes, turning them around half way through, until golden brown.

Serve warm, with your favourite tea and to make a rainy, lazy sunday perfect, I would also suggest letting yourselves be inspired by the incredible story of illustrator Tomi Ungerer Far Out Isn’t Far Enough’ 

* NOTE : Prepare the scones after dinner so you can enjoy yummy figgy scones for breakfast in no time! I actually recommend this for on very simple reason – it’s very hard to wait 30 minutes when you’re hungry.. (ahem..) You can also find more detailed instructions of the original recipe (made with a fig compote that is absolutely heavenly) here.

© 2013 Entre Jardins.

Uma memória de verão tardio, em tons de verde e violeta profundo. Uma delicadeza ao toque que nos convida ao interior, húmido e rico, não há fruto mais sensual que este.

Os últimos figos da época, perfeitos para um pequeno-almoço de domingo. 

Inspirada pela receita de Kim Boyce no deslumbrante livro ‘Good to the Grain’, já fiz estes scones várias vezes, experimentando com diferentes farinhas e também em versões sem lacticínios e sem açúcar e apesar de não serem tão sumptuosas quanto a receita original, as versões alternativas resultam bem, à sua maneira. Esta versão não leva açúcar e depende apenas do doce natural de uma maçã com um pouco de xarope de ácer, o que resulta num scone subtilmente doce em que os pedaços de figo contrastam deliciosamente com o seu sabor a lembrar o caramelo.

Dica : Preparar as farinhas em casa é fácil e dá pontos extra no sabor e nutrição. Para o fazer, basta colocar os grãos de trigo sarraceno, de espelta num liquidificador e processar na velocidade máxima (processar as amêndoas à parte, devido ao seu conteúdo de gordura; não misturar demasiado ou irá transformar-se em manteiga de amêndoa!). 

© 2013 Entre Jardins.

Inspirado por ‘Figgy buckwheat scones’  em Good to the Grain, de Kim Boyce

Faz 12 scones (mais, ou menos dependendo do tamanho)

Ingredientes

Secos :

  • 1 taça / 135 g de farinha de trigo sarraceno
  • 3/4 taça / 100g farinha de espelta integral
  • 1/2 taça / 60g de farinha de amêndoa (amêndoas moídas) 
  • 2 c. de chá de fermento em pó
  • 1/2 c. de chá de sal marinho

Líquidos:

  • 100 g de manteiga clarifica fria, cortada em pedaços pequenos (ou óleo de coco frio para uma versão vegana)
  • 1 taça (240g) de iogurte de cabra ou ovelha
  • 1/3 taça / 75ml de molho de maçã (liquefazer 1 maçã pequena + 2 c. de sopa de xarope de ácer, com a varinha mágica ou num liquidificador)

Mistura de figos:

  • 1 taça figos frescos, retirar o pé e cortar em fatias 
  • 1 c. de sopa de xarope de ácer ou mel
  • 1/2 c. de chá de canela em pó
  • 1/2 c. de chá de cravinho em pó
  • 1/2 c. de chá de noz moscada em pó

Como fazer :  

  1. Preparar a mistura dos figos – colocar todos os ingredientes numa tijela, misturar com uma colher de pau e reservar. 
  2. Colocar todos os ingredientes numa saladeira, misturar.
  3. Acrescentar a manteiga e misturar rapidamente com os dedos, desfazendo a manteiga em pedaços mais pequenos, até se parecer com areia molhada. Trabalhar a massa rapidamente para evitar derreter demasiado a manteiga. É importante deixar alguns pedacinhos de manteiga inteiros aqui e acolá.
  4. Adicionar o iogurte e o molho de maçã e cuidadosamente envolver com a ajuda de uma espátula de silicone até estar tudo combinado. Não misturar demasiado.
  5. a- Versão rápida : Pré-aquecer o forno a 180°C. Juntar a mistura de figos à massa e incorporar cuidadosamente. Colocar metade da massa num papel de ir ao forno polvilhado com farinha, polvilhar com mais um pouco de farinha por cima e nas mãos também (a massa vai estar muito húmida). Com a ajuda das mãos, formar um círculo (ou outra forma à escolha) de cerca de 3cm de espessura e cortar pacientemente em 4 a 6 partes iguais, cada fatia ligeiramente afastada das outras. Repetir com o resto da massa, colocar os scones e respectivas folhas de ir ao forno num tabuleiro, colocar o tabuleiro no forno durante 30 a 40 minutos, até dourar um pouco.

5 b – Versão scones-espirais : Preparar a superfície de trabalho. Colocar um papel de ir ao forno e polvilhá-lo com farinha. Verter a massa no centro e polvilhar novamente com um pouco de farinha a massa e as mãos (a massa vai colar um pouco). Estender a massa até obter um rectângulo de cerca de 20x40cm, colocando por cima uma outra folha de ir ao forno (ou celofane) e estender com um rolo de massa até obter a forma desejada.

6 – Espalhar a mistura de figos uniformemente e enrolar pelo lado mais longo até formar um tronco (usar a folha de papel que está por baixo da massa facilita a tarefa; também achei que é mais fácil de trabalhar se dividir a massa em duas metades). Colocar a linha de junção virada para baixo, cortar o tronco ao meio, embrulhar em papel celofane e colocar no frigorifico pelo menos 30 minutos (ou de um dia para o outro) *

7 – Pré-aquecer o forno a 180°C. Cortar os troncos em partes iguais, 2 a 3 cm de espessura. Levar ao forno durante 30 a 40 minutos, até dourar um pouco (virar os scones ao final de 20 minutos).

Servir morno com uma taça do vosso chá preferido e, para tornar um domingo chuvoso e preguiçoso perfeito, sugiro ainda que se deixem inspirar pela incrível história do ilustrador Tomi Ungerer Far Out Isn’t Far Enough’ .

* NOTA : Preparar os scones depois de jantar para poder desfrutar dos scones de figo ao pequeno almoço em tempo recorde! Recomendo vivamente por uma simples razão – é mesmo muito difícil esperar 30 minutos quando se está com fome.. (ahem..)  Podem encontrar instruções mais detalhadas da receita original (feita com uma compota de figo que é absolutamente divinal) aqui (em inglês).

© 2013 Entre Jardins.

Advertisements

Leave a Comment

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s